Multifranqueados: a tendência que mais cresce no mercado de franquias

5 minutos para ler

Saiba tudo sobre este fenômeno no segmento de franchising e como se tornar um multifranqueado de sucesso.

Duas franquias ou dez franquias? Tanto faz!

O termo “multifranqueado”, que consiste basicamente em um franqueado que possui mais de uma franquia, está se tornando muito popular dentro do universo de franquias e isso tem chamado atenção tanto de investidores quanto de empreendedores que ainda não estavam familiarizados com esta área.

O processo de se tornar um multifranqueado, na prática, se baseia na abertura de uma empresa dentro da outra. É o caso, por exemplo, do casal Diego e Camila, que recentemente adquiriram sua décima escola KNN Idiomas.

Dentro deste modelo de negócio, o empreendedor diminui os custos da operação e aumenta seus lucros, já que possui duas ou mais empresas em atividade.

O QUE É PRECISO PARA SE TORNAR UM MULTIFRANQUEADO?

1 – Boa gestão

Conforme os especialistas em negócios da KNN, a principal qualidade que um empreendedor deve possuir para se tornar um multifranqueado de sucesso uma rede de franquias é conseguir realizar uma gestão de pessoas de qualidade

O diretor de expansão da KNN, Paulo Búbola – responsável por negociar diversas franquias com multifranqueados da rede – aponta que o maior desafio é justamente dar conta de administrar mais de uma equipe ao mesmo tempo. “Saber trabalhar com mais de uma equipe e lidar com muitos funcionários é essencial. Mesmo que o multifranqueado seja dono de várias unidades da mesma franquia, ainda estamos falando de diversos negócios, que necessitam de atenção. Ele precisa ter um certo espírito de liderança para poder também criar líderes”, afirma.

2 – Investimento necessário

Outro ponto em questão é o capital de giro para os investimentos iniciais necessários. Segundo Guilherme Vinicios, gerente de vendas da KNN, uma boa gestão de capital de giro faz com que uma empresa ofereça as melhores condições de pagamento aos seus clientes, sem que se corra o risco de apresentar algum prejuízo – além de claro, estar com as contas em dia e sem dívidas.

“Quanto maior a quantia de dinheiro disponibilizada em caixa, mais compras a prazo poderão ser realizadas sem a cobrança de juros. Com esse dinheiro, é possível pagar todas as despesas ao longo do mês, sem que haja necessidade de mexer no patrimônio da empresa”, diz Guilherme.

3 – Amor pelo o que faz

Além da capacidade de gestão e o capital para investir, a paixão pelo segmento também é fundamental. Segundo Natália Bervian, consultora de negócios da KNN, o gosto pelo trabalho é a ‘cereja do bolo’. “Digo durante meus atendimentos que quem gosta do que faz, não precisa trabalhar nenhum dia se quer!”, brinca.

A multifranqueada Franciele Becker, sócio-proprietária de oito escolas da franquia KNN juntamente com seu marido Rodrigo, considera que o carinho que possui pelos alunos e pelo ramo da educação seja a sua a verdadeira motivação para abrir tantas franquias. “A gente sonha juntos com eles (os alunos) e isso nos faz querer buscar por mais”, diz a  franqueada, que será a primeira da rede a inaugurar uma franquia fora do Brasil.

4 – Suporte 

Ser um multifranqueado possui diversas vantagens, mas é preciso estar ciente de que nem tudo é fácil. Isso porque obter resultados do dia para a noite é praticamente impossível. Ainda que já tenha experiência no ramo de franquias, contar com um bom suporte de sua franchising faz toda a diferença.

A consultora de negócios da KNN, Thayná Riedi, afirma que é muito comum franqueados realizarem todos os treinamentos novamente para adquirirem novas franquias. “Mesmo já tendo colocado em prática (o know-how), os treinamentos servem não somente para recapitular as boas práticas de gestão, como atualizar o empreendedor sobre os novos desafios do mercado”, considera.

VALE A PENA, MESMO?

Conforme abordado no início deste conteúdo, um multifranqueado pode se tornar proprietário de várias unidades de uma mesma franquia ou até mesmo de franquias de marcas diferentes, se assim desejar.

Tal decisão depende muito do perfil do franqueado e de sua visão de business, entretanto, por já estar familiarizado com o segmento e modelo de negócios, se torna mais vantajoso se tornar multifranqueado da mesma rede.

Partindo do ponto de vista de quem quer adquirir mais franquias para aumentar sua lucratividade, a perspectiva de abrir outras unidades e se tornar um multifranqueado é atraente já que o negócio é visto como uma maneira de ganhar escala e aumentar a rentabilidade.

Muitas vezes, o faturamento e os lucros de uma única unidade de franquia, por mais que sejam rentáveis, não são suficientes para manter o padrão de vida que o franqueado deseja ter. Além disso, toda unidade, por mais que cresça, atinge um faturamento máximo. Com vários empreendimentos, é possível alcançar volumes maiores de rendimento.

LEIA TAMBÉM:

5 ERROS MAIS COMETIDOS antes de ABRIR UM NEGÓCIO

Quanto tempo demora o RETORNO FINANCEIRO de uma FRANQUIA?

10 Livros essenciais que todo EMPREENDEDOR PRECISA LER

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.