Quais são as tendências do mercado da educação para o ano de 2020?

3 minutos para ler

Se há algumas décadas você imaginava que em 2020 o mercado da educação iria propor um sistema mais inovador, inclusivo e tecnológico, você imaginou certo! Afinal, os métodos tradicionais de ensino estão ficando para trás.

A tecnologia torna-se aliada dos profissionais da educação e também dos alunos. Fazer parte desse universo é cada vez mais urgente, já que os estudantes procuram sistemas que possam oferecer modelos mais atualizados. Continue a leitura e confira as principais tendências do mercado da educação para 2020!

Inteligência artificial

Quando falamos em inteligência artificial, é comum pensarmos em máquinas, dados e dispositivos tecnológicos que parecem não fazer parte da nossa rotina. Na sala de aula, porém, o recurso pode ser muito útil para melhorar o rendimento do aluno. A ferramenta busca acompanhar padrões no comportamento pedagógico dos estudantes por meio de estatísticas.

A partir dos dados apresentados, os planos de ensino são elaborados de acordo com as necessidades do aluno. Assim, ele entende quais assuntos merecem mais atenção. Já os professores têm um direcionamento melhor para desenvolver o rendimento do estudante.

Repensar espaços – tanto online e offline

Não tem mais como fugir: a internet já faz parte da nossa realidade. Entre os mais jovens a necessidade de estar online é ainda maior. E eles, mais do que ninguém, acreditam nas inúmeras possibilidades de adquirir conhecimento na internet. Ferramentas online dão autonomia ao aluno, que passa a ter um ritmo próprio de aprendizagem.

Além disso, o modelo tradicional de bibliotecas e salas de aula também estão ficando para trás. Os espaços físicos pedem rodas de conversa e ambientes mais agradáveis, com uso de computadores para pesquisa, por exemplo. Enquanto isso, o professor deve ser mediador ou facilitador na busca por conhecimento.

Incentivo ao diálogo

Assim como já se foi o tempo em que apenas os professores falavam e os estudantes escutavam, o exercício do diálogo se torna cada vez mais necessário no ambiente escolar. Os alunos deixam de serem apenas passivos na aprendizagem e se tornam agentes ativos na busca pelo conhecimento.

Incentivar jovens a expressar seus pensamentos, ideias e questionamentos é parte fundamental desse processo e contribui para o desenvolvimento da inteligência emocional. Assim, os estudantes têm mais facilidade de identificar suas próprias emoções e constroem relações saudáveis, respeitando os diferentes pontos de vista.

Inclusão no mercado da educação

Falar de inclusão nas escolas nunca é demais. Promover conscientização sobre a diversidade dos indivíduos é tão importante quanto qualquer outro conteúdo pedagógico, e deve estar presente diariamente em todas as disciplinas. Promover debates e projetos sobre inclusão é garantir que os estudantes se tornem cidadãos e profissionais mais acolhedores futuramente.

Em 2020, promover o respeito à individualidade será cada vez mais importante. Esse acolhimento melhora a percepção de todos os alunos, independentemente de suas limitações.

Reunimos as principais tendências do mercado da educação para 2020, mas é sempre bom lembrar que este mercado está em constante evolução. Para ficar por dentro, leia blogs voltados à educação e esteja em dia com as principais notícias da área.

Sugerimos também que leia o artigo ‘Inglês para crianças’, que explica qual a idade ideal para os pequenos começarem a aprender outro idioma. Até a próxima!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.