Matrículas em escolas KNN aumentam com a volta das aulas presenciais

Matrículas em escolas KNN aumentam com a volta das aulas presenciais

Com avanço da vacinação, ações comerciais ganham força total 

Enquanto a maioria das redes de idiomas optou por frear seus investimentos em ações comerciais, a KNN Idiomas seguiu 2020 na contramão, adaptando-se ao cenário pandêmico instalado pelo mundo por conta da onda de covid-19.

Ainda que a franquia tenha se adaptado bem aos desafios impostos pelas normas de segurança e distanciamento social, algumas práticas para prospecção de novos alunos tiveram que ser deixadas de lado. A mais comum, diz respeito às ações em escolas de ensino regular, públicas e privadas, já que suas aulas presenciais haviam sido canceladas.

Agora, em setembro de 2021, com o avanço da vacinação no Brasil, franqueados de todas as regiões do país já sentem o peso da pandemia indo embora com a retomada de diversos serviços e estabelecimentos, incluindo as próprias escolas que voltam com suas aulas normais. O resultado disso em matrículas de franqueados KNN Idiomas pode ser observado com frequência pelas equipes comerciais da rede.

De acordo com o diretor comercial da franquia, Jonas Alencastro, por muito tempo os gerentes comerciais tiveram que usar a criatividade para se adaptar. Entretanto, agora a hora é de retomada, utilizando o que melhor se aprendeu durante os tempos de distanciamento social: “Hoje já sentimos que os diretores de escolas públicas e privadas, bem como os secretários de educação estão muito mais abertos à negociação de parcerias com a rede. De início, os resultados já estão excelentes, tanto em relação às matrículas quanto a própria divulgação da marca”, afirma o executivo.

Exemplo disso, são as várias escolas que inauguraram no último mês de agosto. A KNN da cidade de Querência (MT) matriculou 147 alunos em menos de um mês. As unidades de Delmiro Gouveia (AL) e Floriano (PI) também não ficaram muito atrás, matriculando 112 e 85 estudantes, respectivamente.

Neste momento de retomada à normalidade, consultores comerciais das escolas já trabalham com mais liberdade – É o caso de Bruno Vendrame, 20 anos, colaborador do setor comercial da KNN São José (SC). O jovem acredita que a pandemia serviu de exemplo para testar a criatividade e a energia de quem busca bons resultados, assim como ele. “Foi bem díficil no começo (da pandemia), mas soubemos driblar. Hoje já podemos entrar nas salas das escolas fantasiados de Tila (personagem de Knowa Island), fazendo muitas matrículas!”, conta.

Foto: equipe KNN São José (SC)

Se o momento de retomada inspira quem deseja aprender um novo idioma a se matricular na KNN, o cenário em relação aos investidores da marca não é diferente. De acordo com Rodrigo Maestrelli, supervisor de expansão da rede, novos franqueados estão surgindo a todo o momento. “Estamos negociando entre 20 a 30 novas unidades por mês, praticamente uma nova escola por dia. Já mantemos essa média há um tempo, então trabalhamos com a certeza de que muito em breve seremos a maior rede de escolas de idiomas do Brasil”, afirma.

Neste mês de setembro, 20 novas escolas estão sendo inauguradas por todo o Brasil, confira:

Para mais informações sobre o modelo de negócios, acesse o site.

LEIA TAMBÉM:
Como administrar mais de uma franquia
Franquias em 2022 Ainda Vão Valer a Pena?
6 Características de um bom parceiro de negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.