Afinal, é possível gerenciar uma franquia sem precisar de experiência prévia?

6 minutos para ler

Vários profissionais optam por uma franquia pela oportunidade de administrar uma empresa com modelo de negócio já comprovado. Mas existe uma dúvida que atrapalha muitos empreendedores iniciantes: é possível administrar uma franquia sem precisar de experiência?

Com esse questionamento, diversas pessoas evitam ou adiam a inscrição para uma boa franquia até que tenham experiência no setor ou, no pior dos casos, simplesmente desistem da oportunidade. Descubra a seguir quais são as principais habilidades para gerenciar uma franquia.

A experiência prévia para franquias é realmente necessária?

A resposta simples é: não, a experiência prévia não é um requisito para entrar nos negócios. Na verdade, os franqueadores estão buscando indivíduos motivados que contribuam ativamente para o crescimento da marca. Ou seja, as qualificações não são tão importantes quanto à paixão pelo setor.

Claro que qualquer conhecimento prévio — seja com o produto/serviço, público-alvo ou região — é relevante e pode ajudar na gestão, mas somente essa capacitação não garante o sucesso do franqueado.

Por outro lado, alguém apaixonado pelo setor e com muita vontade de crescer pode aprender novas práticas e desenvolver rapidamente uma operação lucrativa

É importante ressaltar que uma franquia, apesar do modelo comprovado, ainda exige muito trabalho de todos os envolvidos. O investimento inicial compra o direito de uso da marca, seus processos e o suporte contínuo, mas não compra o sucesso da sua nova unidade.

Caso esteja preparado para aprender e trabalhar duro, você provavelmente possui a maioria das características altamente procuradas no setor de franquias.

Quais habilidades podem ajudar no gerenciamento?

Em primeiro lugar, identifique seus pontos de interesse: você está alinhado com a cultura e os valores da marca? Qual aspecto da franquia te motiva? Vale lembrar que o ideal é não ser motivado apenas pelo retorno financeiro.

Óbvio que a lucratividade é muito importante, mas, geralmente, essa motivação não leva a grandes resultados. Toda empresa possui altos e baixos e, principalmente no início, o trabalho será muito maior. Se apenas o dinheiro está impulsionando suas ações, será muito fácil tomar decisões erradas.

Por exemplo, se você tem um grande interesse por educação, uma franquia de idiomas pode ser a escolha perfeita. Essa motivação extra é o segredo para enfrentar desafios e prosperar. Veja agora outras características que podem ajudar na gestão.

Saber liderar

Uma das habilidades mais importantes é a capacidade de se comunicar e interagir com as pessoas. Não basta apenas interagir de maneira positiva com seus clientes, também é necessário transmitir confiança aos funcionários e motivá-los a serem produtivos.

Isso exige muita disciplina (para liderar pelo exemplo), além de controle emocional. Também não se esqueça de cultivar um bom relacionamento com seu franqueador.

Ter foco nos resultados

Se você busca empreender, esqueça o comodismo. Melhorar os serviços e crescer é o básico para se manter nos negócios. Muitos empresários cometem o grande erro de se acomodarem em períodos lucrativos. Não espere mudanças na economia, no consumo ou na concorrência para investir constantemente em crescimento.

Cumprir tarefas administrativas

Em qualquer negócio (mesmo que você seja apaixonado pelo setor) existem tarefas não tão prazerosas. Como, por exemplo, a administração financeira. Será sua responsabilidade analisar os principais relatórios — faça o possível para não terceirizar essa tarefa para um contador ou funcionário.

Além das vendas, é necessário acompanhar os custos da franquia, desde o aluguel até as despesas com estoque, tecnologia, marketing, salários, etc. É impossível traçar estratégias de crescimento sem um bom planejamento financeiro.

Aprender e acatar sugestões

Muitas pessoas entram no negócio de franquia pelo desejo de ser seu próprio chefe. Contudo, isso não significa que você deva ignorar conselhos ou recomendações do seu franqueador. Lembre-se de que a empresa possui experiência com inúmeros franqueados em várias regiões, sem dúvida, eles podem (e devem) fornecer um suporte adequado.

Ter vontade de criar algo novo

Como já mencionamos, uma franquia não é uma máquina automática de resultados. O modelo comprovado retira o trabalho de elaboração dos processos, validação do negócio e construção de marca, mas ainda haverá muito trabalho e desafios pelo caminho.

Ter mais tempo livre, trabalhar com o que gosta, criar o seu patrimônio… Não importa o motivo! Empreender pode trazer muita satisfação para pessoas focadas e motivadas.

Seguir um sistema

Para aqueles que evitam regras e processos, talvez o modelo de franquia não seja ideal. O motivo do sucesso de uma rede está em sua capacidade de replicar um modelo de negócio estruturado.

Pessoas que querem inovar ou “fazer do seu jeito” entrarão em conflito com o franqueador. Claro que novas sugestões podem ser aceitas e aplicadas, mas o modelo geral deve ser seguido por todos os parceiros da rede.

Administrar os riscos

Muitas pessoas pensam que, para ter sucesso como franqueado, é necessário arriscar muito. Isso não é verdade. Franqueados de sucesso estão dispostos a correr algum risco, mas eles querem que esse risco seja o menor e o mais controlado possível.

De fato, qualquer negócio envolve incertezas. Porém, uma franquia forte com um histórico comprovado aumentará (e muito) suas chances de sucesso.

Como obter suporte adequado para abrir uma franquia?

Caso você tenha as competências listadas acima, o próximo passo é buscar uma franquia que esteja alinhada com suas metas profissionais. Esteja atento ao treinamento comercial — algo básico que nem todas as redes oferecem. Se você deseja iniciar uma franquia sem precisar de experiência, procure por esse benefício.

Por exemplo, a KNN disponibiliza um consultor presencial por 30 dias para todos os novos parceiros. Essa consultoria é perfeita para planejar entrevistas, rotinas administrativas, ações comerciais, parcerias e muito mais. Com esse suporte, sua escola de idiomas pode ser construída do zero.

O treinamento técnico também deve ser observado, afinal, a qualidade do serviço é base do seu crescimento. A KNN oferece consultores pedagógicos para auxiliar nas contratações e nos treinamentos da equipe.

Por fim, as franquias oferecem uma ampla gama de oportunidades para muitas pessoas de espírito empreendedor. A falta de experiência em um setor não é tão importante quanto a paixão pelo produto ou serviço, e isso não deve ser uma barreira para entrar no negócio. Porém, busque franquias que possam suprir essa necessidade com suporte contínuo e treinamentos.

Gosta de idiomas e quer conhecer outras vantagens da KNN? Entre em contato agora para um atendimento personalizado!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.