• fevereiro 4, 2021

Como Escolher a Metodologia ideal para uma Escola de Idiomas?

Por que a metodologia é tão relevante para o processo de ensino-aprendizagem? Até onde a influência dela prevalece? Será que a estrutura da escola ou o conhecimento dos professores não são fatores mais relevantes?

Para responder a essas e outras questões, tome como exemplo um dos idiomas mais falados no mundo: o inglês.

Ele está presente em séries, músicas, cartazes e até mesmo no ambiente de trabalho. Em contrapartida, por quais motivos apenas 5% da população brasileira diz ter algum conhecimento sobre essa língua, segundo pesquisa promovida pelo British Council, em 2014?

Se boa parte das pessoas está frequentemente exposta ao idioma e até se matricula em cursos a fim de estimular esse aprendizado, o que justifica uma porcentagem tão baixa?

Vale a pena lembrar que o inglês faz parte da grade curricular das instituições de ensino fundamental e médio no país — não é pequeno o número de pessoas que entra em contato com a língua inglesa ao longo da formação básica.

Uma das explicações possíveis para esses índices insatisfatórios pode ser a metodologia. Afinal, adquirir conhecimentos sobre um idioma estrangeiro requer não só um bom preparo por parte do corpo docente e o uso de materiais adequados, mas também uma estratégia pedagógica específica para conduzir as aulas em português e atrair a atenção dos estudantes.

De modo resumido, uma metodologia eficaz deve proporcionar aos alunos a possibilidade de aprender com o máximo de naturalidade, isto é, eles não podem desenvolver a percepção de que se trata de algo maçante ou cansativo. Ainda é fundamental que essa aquisição se dê de forma gradativa — tudo depende do nível de conhecimento que eles já têm, para que consigam progredir aos poucos.

Como a metodologia pode passar mais segurança ao investidor que não é especialista na área?

A história da KNN Idiomas é bem clara nesse sentido: em pouco mais de 6 anos, são mais de 350 unidades — espalhadas em vários estados do Brasil — e mais de 100 mil alunos matriculados. Quem estuda com essa metodologia consegue perceber a evolução desde o início do curso. Aos poucos, essa noção fortalece a marca, gera indicações voluntárias e colabora para que a escola não pare de crescer.

Cabe destacar que os professores da KNN são capacitados por meio de um intenso treinamento, no qual é ensinado um passo a passo para dar as aulas. Nele, há várias apresentações para que os docentes entendam a metodologia por completo e possam aplicá-la da melhor maneira possível.

Por que a metodologia KNN é tão eficiente para aprender inglês?

Quando alguém deseja estudar inglês, isso geralmente está associado a algum objetivo, que pode ser pessoal ou profissional. Não é por acaso que a metodologia da KNN Idiomas faz tanto sucesso — ela foi desenvolvida com foco no ensino de inglês para brasileiros.

Isso significa que foi elaborada de acordo com as principais dificuldades que o brasileiro tem ao aprender um novo idioma, além de considerar os motivos que os levaram a se matricular no curso. Por isso, a metodologia pretende entregar aos alunos o que eles mais querem: a conversação e o uso prático da língua inglesa.

Os benefícios obtidos ao aplicá-la são diversos, visto que os alunos aprendem o idioma no seu próprio tempo. Afinal, ela respeita as características individuais de cada um, para que eles, com dificuldades ou não, sempre se sintam capazes de aprender. Enfim, não há dúvidas de que a metodologia de ensino de idiomas da KNN é uma excelente escolha.

Se você gostou do texto e não vê a hora de aplicar essa metodologia, entre em contato com a KNN Idiomas agora mesmo!

LEIA TAMBÉM:

KNN Talks | Karina Salazar: ‘Os cursos de Espanhol nunca estiveram tão em alta!’

FRANQUEADO DE SUCESSO | Mario Torres Filho (KNN Cubatão – SP

KNN estará nas eliminatórias da Copa do Mundo 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.