CASES KNN | Multifranqueados de Mato Grosso do Sul: a história de Elaine, Luiz, Alexandre e Ana

CASES KNN | Multifranqueados de Mato Grosso do Sul: a história de Elaine, Luiz, Alexandre e Ana

Conheça a trajetória de sucesso que fez estes sócios investirem em quatro escolas.

A próspera jornada empreendedora desta dupla de casais multifranqueados começa na cidade de Amambai, localizada na região sudoeste do estado do Mato Grosso do Sul e próximo à fronteira do Paraguai.

Os sócios Alexandre Silveira Rios (23 anos), Ana Luisa Castilho (23 anos), Luiz Pedro Castilho (29 anos) e Elaine da Silva (30 anos) antes de decidirem investir na franquia KNN estavam em caminhos diferentes, mas se encontraram através da oportunidade de abrir uma escola juntos e trabalharem com o segmento da educação. 

Elaine se formou em Letras (Português e Inglês) pela de Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). A sul-mato-grossense trabalhava como professora de idiomas por anos em uma escola pública da região e também chegou a lecionar em escolas particulares. A paixão pelo inglês começou logo em sua adolescência, estudando e se aperfeiçoando na língua.

Casada com Luiz há oito anos, que vinha empreendendo na área farmacêutica na época, a professora já não estava tão contente com sua situação no trabalho. Ainda assim, ser proprietária da sua própria escola de idiomas não era algo que cogitava. “Era algo que, na minha visão, era muito distante da minha realidade. Eu nem imaginava como poderia se quer começar”, afirma.

A professora conta que o método de trabalho do ensino público a deixava frustrada por não poder diversificar e ter autonomia em suas aulas. O sistema considerado “engessado” por Elaine fazia com que o andamento das aulas fosse monótono e pouco progressivo. “Além disso, a instabilidade do emprego me gerava angústia. O processo seletivo era feito através de concursos e a última vez que prestei, não passei. O medo de ficar desempregada era sempre constante”, confessa.

A situação estava prestes a mudar quando seu telefone tocou. Em agosto de 2019, Elaine foi surpreendida com a proposta de conhecer o modelo de negócios da KNN através da visita do consultor Rodrigo Maestrelli, que estava próximo a sua cidade. A apresentação, sem compromisso nenhum, foi início do relacionamento com a franquia.

Entretanto, um mês depois e ainda um pouco incrédula, Elaine incentivada por seu marido topou vir a Santa Catarina conhecer algumas escolas da rede para possivelmente fechar negócio. “Eu fiquei desconfiada, eu confesso. Demorei a acreditar que seria possível ter 100 alunos no primeiro mês e atingir o ponto de equilíbrio no primeiro ano”, ressaltou.

Para fazer o negócio acontecer, Luiz Pedro teve a ideia de convidar sua irmã e seu cunhado a embarcarem no negócio e serem sócios no investimento. “Os dois tinham muito a cara da KNN, e isso era justamente o pontapé que precisávamos”, conta. Ana e Alexandre, que estavam na época se dedicando a carreira de advocacia, largaram a área e passaram a trabalhar somente para a escola.

Mesmo com atrasos e alguns obstáculos por conta da pandemia da covid-19, a escola dos quatro sócios conseguiu ser inaugurada em 13 de junho de 2020 com 112 alunos matriculados, alcançando logo no segundo mês de trabalho o ponto de equilíbrio financeiro. “Logo no mês seguinte, surgiu a ideia de uma segunda escola e não pensamos duas vezes em investir de novo”, conta Alexandre.

A segunda unidade dos quatro sócios será inaugurada no próximo mês de julho deste ano, na cidade Caarapó (MS). Mais duas escolas já estão nos planos de 2022 dos empreendedores também. Uma no município de Jardim e outra em Rio Brilhante, também no estado do Mato Grosso do Sul.

Depois de quase um ano da inauguração da primeira escola, Elaine, que antes sofria com a vida de concursos públicos, agora desfruta da estabilidade e do sucesso de uma escola reconhecida na região em que mora: “Hoje eu faço o que eu amo. A melhor parte do meu dia é quando estou na KNN. A gente vive e respira essa empresa. O que mais a rede tem de especial é a união das pessoas e de propósitos. Tratamos os alunos como ser humanos – e não como números”, comemora.

Fotos: Arquivo Pessoal

Para mais informações sobre a franquia e o modelo de negócios, acesse site.

LEIA TAMBÉM:

Reynaldo Gianecchini estrela as novas campanhas da KNN
Metodologia, Comercial e Suporte: Descubra os Diferenciais Competitivos da KNN Idiomas
KNN vai chegar no estado do Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.