Atualmente com 300 matrículas, franqueado da KNN de Passa-Quatro (MG) relembra começo difícil: ‘era tudo ou nada! ’

4 minutos para ler

Antes com uma escola de cursos técnicos, Natanael conseguiu sair do vermelho se tornando um franqueado da rede de uma maneira surpreendente.

Com 16 mil habitantes, Passa Quatro é um município localizado na região sul do estado de Minas Gerais e cidade onde o atual franqueado da KNN Idiomas, Natanael Analio da Silva, nasceu e começou sua vida profissional.

A primeira vez que o mineiro pôs os pés para fora de casa para trabalhar foi como vendedor informal e mais tarde, office-boy de um escritório. Demitido ainda quando era apenas um adolescente sem experiência, seu superior não mediu as palavras na hora de encerrar o seu contrato de prestação de serviços: “ele simplesmente disse que não prestava para trabalhar em escritório”.

Insistente, mandou currículo para outro escritório de contabilidade e nele permaneceu durante dez anos como auxiliar da empresa. Com desejo de buscar novas áreas, o passa-quatrense que hoje está com 31 anos decidiu tentar algo diferente. Comprou uma escola de cursos técnicos que já estava à beira de falência. “Cheguei a assumir até as dívidas da empresa”, conta.

CHEFE DE SI MESMO

Pode-se dizer que o começo da vida de empreendedor de Natanael foi, no mínimo, turbulento. Além de pegar a escola endividada, tinha que arcar com os custos do licenciamento da marca da escola e sofria com um sistema comercial ineficiente. “Cheguei a contratar uma empresa terceirizada para me ajudar a conseguir alunos e acabei me endividando mais ainda para pagar o serviço deles”, relata.

Ao invés de conseguir equilibrar a escola, Natanael ficou mais quebrado ainda. Para tentar aliviar a situação, implantou um curso de inglês na sua grade. “Até chegamos a um número bom de matrículas, mas o problema voltava na hora da renovação”. Segundo o franqueado, a parte de retenção de alunos praticamente não existia.

AGORA VAI!

Ao receber uma ligação da KNN Idiomas, o mineiro ficou com o pé atrás. “Eu tinha preconceito com o setor de franquias. Conhecia algumas escolas, até tentei adaptar meu método de ensino para se assemelhar ao de vocês (KNN), mas quando escutava a palavra ‘franquia’ já me desanimava. Para mim, só tinha uma franquia quem já era rico”, lembra.

Ao ouvir que a KNN não procurava apenas franqueados, mas sim “parceiros de negócios”, Natanael topou vir à Santa Catarina conhecer algumas unidades. Quando o consultor de negócios afirmou que ele teria que mudar o ponto de sua antiga escola, o pânico se instalou. “Não estava nem um pouco com dinheiro sobrando. Com as facilitações de negociação que me ofereceram, consegui heroicamente fazer a padronização da escola em um novo ponto, mesmo assim, estava sem capital de giro”.

Dias antes da inauguração da primeira escola de idiomas, Natanael recebe um aviso bem claro da franchising:  sem capital de giro, é arriscado fazer uma inauguração. “Eu não tinha dinheiro nem para pagar meus funcionários! Se eu não inaugurasse a escola, eu ia quebrar do mesmo jeito. Era tudo ou nada! ”, relembra.

POR ESSA NINGUÉM ESPERAVA

A KNN Idiomas de Passa-Quatro (MG) inaugurou no dia 19 de outubro de 2019. Após dez dias com as portas abertas, o franqueado e sua equipe matricularam 51 alunos. “No segundo mês, matriculamos mais 54 e no terceiro, 41. Fui com ‘sede ao pote’ mesmo. O tiro tinha que ser certeiro. E foi! ”, conta.

Atualmente o mineiro já possui 300 alunos matriculados em sua unidade e trabalha para abrir mais uma escola na cidade de Itamonte, também em Minas Gerais. Sobre o investimento na KNN Idiomas, ele apenas diz: “vai que dá certo. Meu único arrependimento é ainda não ter adquirido uma terceira”, brinca.

LEIA TAMBÉM:

Como o visual e a localização de uma ESCOLA DE IDIOMAS podem FAZER MAIS MATRÍCULAS?

Franqueados de Cafelândia (PR) contam como foi inaugurar sua escola em plena pandemia: ‘A franchising nos salvou! ’

O que faz um CONSULTOR PEDAGÓGICO?

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.