Aluna de 74 anos fala sobre KNN em vídeo: ‘Para aprender não tem idade!’

2 minutos para ler

Vera Lucia Abdala é estudante da escola de Itapetininga (SP).

Afinal, existe uma idade certa para aprender um novo idioma?

Muito sobre esse assunto é discutido entre especialistas. Estudos foram publicados, pesquisas elaboradas e debates entre educadores de todas as partes do mundo foram feitos.

A necessidade de estipular um período da vida mais eficiente para o aprendizado acaba sendo justa – ninguém quer perder tempo. Entretanto, o interesse e a força de vontade se mostram mais importantes.

Um interessante caso que ilustra esta teoria genérica é da aluna protagonista do novo vídeo da KNN, a senhora Vera Lucia Abdala, de 74 anos.

A educadora, atualmente já aposentada, estrela a segunda edição do projeto Knowledge Connections e afirma que através das aulas da escola KNN da cidade de Itapetininga (interior de São Paulo), dirigida pelo franqueado Marcelo Adati, consegue falar em inglês tranquilamente e viajar para países estrangeiros sem dificuldades de comunicação.

Confira o vídeo:

Produzido inteiramente pela equipe de marketing da franquia KNN, Knowledge Connections conta com a produção do jornalista Lucas Machado Coelho, imagens de Matheus Paladino e edição de Marcel Vinotti e Lucas Baptista. Uma versão estendida do projeto será lançada em formato filme documentário em 2021.

SOBRE O MÉTODO DE ENSINO KNN

Inteiramente desenvolvida para pessoas cujo idioma materno é o português, a didática de aula das escolas KNN busca facilitar o que costuma ser difícil e acelerar o que é naturalmente fácil.

A habilidade da fala é trabalhada desde o primeiro dia, em todas as aulas, fazendo com que o aluno consiga adquirir fluência em menos tempo. Além disso, crianças a partir de 4 anos de idade já podem se matricular e contar com um material didático único, que é atualizado ano após ano.

LEIA TAMBÉM:

KNN projeta faturar R$ 1 bi mesmo em ano de crise

KNN Talks: Diretor comercial da KNN explica como a rede saiu na frente driblando a pandemia

KNN chega em todos os estados da Região Nordeste

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.